Variação espacial e temporal das chuvas na região da bacia do rio Pandeiros, norte do estado de Minas Gerais – Brasil

Visualizações: 6

Autores

Palavras-chave:

chuva, variabilidade, clima tropical, topografia

Resumo

O presente artigo analisa aspectos da variabilidade das chuvas na região do rio Pandeiros, norte do estado de Minas Gerais-Brasil, em área de transição de clima tropical semiúmido para tropical semiárido. Foram utilizados dados mensais e anuais de chuva de estações meteorológicas automáticas da rede oficial do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), no período entre 1961-2016. Além de consulta ao material bibliográfico, foram aplicadas técnicas básicas de estatística, de análise climatológica e recursos de geoprocessamento para elaboração das cartas de classes de chuva ou pluviosidade. Os resultados mostraram relação dos totais de chuva com fatores dinâmicos ligados à ação das massas de ar e influência local da altitude e topografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Henrique Jardim, Instituto de Geociências – Universidade Federal de Minas Gerais

Prof. Associado. Depto. Geografia – Instituto de Geociências – Universidade Federal de Minas Gerais. 

Felipe Pereira de Moura, Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais

Bacharel e Licenciado em Geografia, Mestre em Geografia Física. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Governo do Estado de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

2023-10-10

Como Citar

JARDIM, C. H.; FELIPE PEREIRA DE MOURA. Variação espacial e temporal das chuvas na região da bacia do rio Pandeiros, norte do estado de Minas Gerais – Brasil. Revista Cientifica MG.Biota, Belo Horizonte, v. 15, n. 1, p. 116–134, 2023. Disponível em: https://periodicos.meioambiente.mg.gov.br/MB/article/view/273. Acesso em: 2 dez. 2023.